Texas começa a se recuperar do furacão Harvey com reabertura de duto de combustíveis

Por Catherine Ngai

HOUSTON (Reuters) - O maior sistema de combustíveis dos Estados Unidos religará nesta segunda-feira um segmento crucial de um duto no Texas que foi fechado pelas chuvas devastadoras da tempestade Harvey na semana passada, enquanto as autoridades avaliam como pagar os bilhões de dólares de danos causados pela tormenta.

A decisão da Colonial Pipeline de reiniciar o transporte de destilados, como diesel, ocorre no momento em que a indústria energética do Golfo do México começa a voltar à ativa depois da tempestade.

As inundações do Harvey forçaram a interrupção de cerca de um quarto da capacidade de refino dos EUA, elevando os preços dos combustíveis.

A tempestade chegou ao litoral no dia 25 de agosto na condição de furacão mais poderoso a atingir o Texas em mais de 50 anos, matando 50 pessoas e deslocando mais de um milhão, além de danificar cerca de 200 mil casas em uma rota de destruição que se estendeu por mais de 480 quilômetros.

A Colonial informou que planeja reabrir um trecho texano de sua rede de Houston a Hebert, no Texas, nesta segunda-feira, feriado do Dia do Trabalho norte-americano. A linha estará pronta para começar a transportar gasolina na terça-feira, disse.

A reabertura dos dutos irá restaurar ligações entre refinarias ao longo da Costa do Golfo, o polo petroquímico dos EUA, com mercados do nordeste do país.

Outro sistema de combustíveis, o Explorer Pipeline, informou que uma ligação que vai do Texas ao Oklahoma foi reativada no domingo e que um segundo duto, que vai do Oklahoma ao Meio-Oeste, deve ser reativado nesta segunda-feira.

Os preços dos combustíveis no varejo subiram durante o final de semana devido aos temores de escassez, apesar da reativação de várias refinarias importantes do Golfo que foram afetadas pelo Harvey.

No domingo, o secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, exortou o Congresso a aumentar o limite da dívida do governo para liberar fundos de ajuda. O governador do Texas, Greg Abbott, disse que a tempestade provocou estragos de mais de 180 bilhões de dólares.

O governo do presidente Donald Trump pediu ao Congresso um pacote inicial de 7,85 bilhões de dólares para os esforços de recuperação, uma pequena fração do que será necessário.

Mesmo esta quantia pode atrasar a menos que o Congresso eleve rapidamente o teto de endividamento do governo, afirmou Mnuchin. Os EUA estão a caminho de atingir seu limite permitido de empréstimos até o final do mês se o Congresso não elevá-lo.

O prefeito de Houston, Sylvester Turner, disse que a cidade acredita que a maioria dos serviços públicos e negócios voltaram a funcionar até terça-feira.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos