Polícia britânica prende 4, incluindo soldados, sob suspeita de terrorismo de extrema-direita

LONDRES (Reuters) - A polícia britânica prendeu quatro homens nesta terça-feira, incluindo soldados em serviço, sob suspeita de participar de um grupo banido de extrema-direita e de planejar atos terroristas.

Os homens foram detidos sob suspeita de envolvimento no planejamento, preparação e instigação de atos de terrorismo e de serem membros do grupo banido Ação Nacional.

A organização neonazista se tornou o primeiro grupo de extrema-direita a ser banido no Reino Unido no último ano, depois do assassinato da parlamentar Jo Cox, cuja morte o grupo enalteceu.

As quatro prisões foram conduzidas por agentes antiterrorismo nas cidades de Birmingham, Ipswich e Northampton, além de Powys, no País de Gales.

"As prisões foram pré-planejadas e conduzidas com inteligência; não houve ameaça à segurança do público", disse a polícia da região de West Midlands.

(Reportagem de Michael Holden)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos