Trump e parlamentares concordam em aprovar teto da dívida e ajuda pós-Harvey, dizem democratas

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e líderes no Congresso concordaram nesta quarta-feira em aprovar uma extensão do limite de endividamento do país até 15 de dezembro, assim como o financiamento do governo para o mesmo período e a liberação de recursos para ajudar vítimas do furacão Harvey, disseram os líderes democratas no Senado e na Câmara.

"Ambos os lados têm todas as intenções de evitar um default em dezembro e esperam trabalhar juntos nas várias questões que se apresentam ante nós", disseram o líder democrata no Senado, Chuck Schumer, e a líder do partido na Câmara, Nancy Pelosi, em comunicado.

(Reportagem de Susan Cornwell e Richard Cowan)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos