Tempestade Katia enfraquece e se torna depressão tropical no México; chuvas ainda ameaçam

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - A tempestade Katia enfraqueceu para uma depressão tropical no sábado, quando avançou para o interior do México, mas ainda pode provocar fortes chuvas em áreas que absorveram grandes quantidades de precipitação e foram abaladas por um enorme terremoto nos últimos dias.

O Centro Nacional de Furacões dos EUA (NHC, na sigla em inglês) informou que, como uma depressão, a tempestade Katia estava provocando ventos máximos de quase 56 quilômetros por hora e deve se dissipar sobre as montanhas do centro-leste do México ainda no sábado.

O México está lidando com as consequências de um enorme terremoto que atingiu o país na noite de quinta-feira, e o presidente Enrique Pena Nieto disse na sexta-feira que a tempestade Katia poderia ser especialmente perigosa nas encostas atingidas pelo tremor de magnitude 8,1.

O terremoto, o mais forte que atingiu o México em mais de 80 anos, matou pelo menos 61 pessoas.

Serviços de emergência nacionais do México disseram esta semana que a tempestade Katia preocupava porque se movia muito lentamente e poderia despejar muita chuva em áreas que já foram saturadas nas últimas semanas.

(Por Dave Graham)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos