Manifestação a favor do casamento homossexual atrai público recorde na Austrália

Por Benjamin Cooper e Alison Bevege

SYDNEY (Reuters) - Mais de 20 mil pessoas se reuniram neste domingo em Sydney para pedir a legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo, dias antes de uma votação pelo correio sobre a questão que dividiu o país.

De acordo com os organizadores, essa teria sido a maior manifestação dos direitos dos homossexuais da Austrália, uma vez que diversas pessoas vestidas com as cores do arco-íris convergiram no coração da cidade para insistir na igualdade de direitos.

"Estamos impressionados com a resposta", disse Cat Rose, da Comunidade Ação Contra a Homofobia. "A força que mostramos hoje nos coloca em bom lugar para vencer esta batalha nos próximos dois meses".

Embora a votação pelo correio não seja obrigatória, a expectativa é de que um voto pelo "sim" leve à legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo, o que pode fraturar ainda mais o governo do primeiro-ministro Malcolm Turnbull.

Os votos serão enviados a partir de 12 de setembro, com o resultado previsto para novembro.

Segundo o líder da oposição do país, Bill Shorten, é a lei que tem que mudar, não a comunidade gay.

"Nós temos uma última montanha para escalar antes de fazer da igualdade do casamento uma realidade. Vamos escalar juntos, hoje", disse.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos