China pede que Coreia do Norte leve a sério expectativa de suspensão de programa nuclear

NAÇÕES UNIDAS (Reuters) - O embaixador da China na Organização das Nações Unidas (ONU), Liu Jieyi, pediu à Coreia do Norte que "leve a sério as expectativas e a vontade da comunidade internacional" de suspender seu desenvolvimento nuclear e de mísseis balísticos, e pediu para que todas as partes envolvidas mantenham "a cabeça fria" e não elevem as tensões.

Liu disse que as partes relevantes devem retomar as negociações "de preferência em breve e não mais tarde". Para iniciar as conversas, a China e a Rússia propuseram a suspensão dos testes nucleares e com mísseis balísticos da Coreia do Norte, assim como dos exercícios militares da Coreia do Sul e dos Estados Unidos.

"Achamos que é um grande erro subestimar essa iniciativa da Rússia e da China. Ela segue sobre a mesa do Conselho de Segurança e vamos insistir que seja considerada", disse o embaixador russo na ONU, Vassily Nebenzia, ao Conselho.

A embaixadora dos EUA no colegiado, Nikki Haley, classificou a proposta como ofensiva.

(Reportagem de Michelle Nichols)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos