Apoio a social-democratas alemães atinge menor índice do ano, diz pesquisa

BERLIM (Reuters) - O apoio ao Partido Social-Democrata da Alemanha (SPD, na sigla em alemão) atingiu seu menor índice neste ano a 10 dias de uma eleição na qual a chanceler conservadora Angela Merkel parece bem encaminhada para conquistar um quarto mandato, mostrou uma pesquisa nesta quinta-feira.

A sondagem semanal realizada pela consultoria Infratest Dimap para o canal ARD indicou que o apoio ao bloco governista composto por União Democrata-Cristã (CDU) e União Social-Cristã (CSU) permaneceu em 37 por cento e que o SPD perdeu um ponto percentual, ficando com 20 por cento.

Trata-se do menor índice de apoio ao SPD desde janeiro, quando a legenda também tinha 20 por cento das intenções de voto. O partido não ficou abaixo desse número na pesquisa Infratest Dimap.

O partido anti-imigração e antieuro Alternativa para a Alemanha (AfD) ficou com 12 por cento, um aumento de um ponto, aparecendo como a terceira força política. O Partido dos Democratas Livres (FDP) veio em seguida com 9,5 por cento.

O radical Esquerda obteve 9 por cento de apoio, e os ambientalistas dos Verdes 7,5 por cento.

(Por Paul Carrel)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos