Mais de 80 pessoas devem ter morrido no Texas por furacão Harvey, diz governador

AUSTIN, Estados Unidos (Reuters) - Mais de 80 pessoas devem ter morrido no Estado norte-americano do Texas como resultado da passagem do furacão Harvey há cerca de três semanas e que causou inundações recordes na área de Houston, disse nesta quinta-feira o governador do Texas, Greg Abbott.

"Temos um relatório de que há 82 mortes", disse Abbott durante entrevista a jornalistas. Ele acrescentou que o Estado está aguardando confirmação de autoridades locais para garantir que as mortes são relacionadas à tempestade.

Autoridades locais disseram anteriormente que houve cerca de 60 mortos por conta do fenômeno que atingiu o Texas como um furacão de categoria 4 em 25 de agosto e foi a mais forte tempestade a atingir o Estado em mais de 50 anos.

Quase 140 mil casas foram danificadas ou destruídas como resultado do Harvey e enchentes causadas por ele, informou o Departamento de Segurança Pública do Texas. Abbott disse anteriormente que danos estimados são de cerca de 180 bilhões de dólares, o que tornaria o furacão um dos desastres naturais mais custosos da história dos Estados Unidos.

Abbott disse que há cerca de 5.250 pessoas ainda morando em abrigos e que o Estado está trabalhando com autoridades federais para reconstruir casas e negócios.

(Por Jon Herskovitz)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos