Tillerson diz que agressão da Coreia do Norte ameaça "mundo inteiro"

WASHINGTON (Reuters) - O secretário de Estado norte-americano, Rex Tillerson, disse nesta sexta-feira que os testes de mísseis contínuos da Coreia do Norte ameaçam o mundo inteiro e enfatizou que os Estados Unidos estão trabalhando estreitamente com os aliados regionais Japão e Coreia do Sul sobre o problema.

"No leste da Ásia, um regime cada vez mais agressivo e isolado na Coreia do Norte ameaça democracias na Coreia do Sul, Japão e mais importante, e mais recentemente, expandiu essas ameaças para os Estados Unidos, colocando o mundo inteiro em perigo", disse Tillerson, em uma reunião da Comunidade de Democracias.

"Nós olhamos primeiro para nossos aliados regionais, Coreia do Sul e Japão. Ao trabalhar com eles e com outros parceiros democráticos, nós continuamos a construir consenso no Conselho de Segurança das ONU para criar uma frente internacional unida que defenda nossos valores e lute para nos deixar mais seguros".

(Reportagem de Susan Heavey e Justin Mitchell)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos