Presidente do Irã diz que país não será "primeiro a violar acordo" nuclear

(Reuters) - Em resposta ao discurso em que o presidente norte-americano, Donald Trump, chamou o acordo nuclear com o Irã de "uma vergonha", o presidente iraniano, Hassan Rouhani, disse, nesta quarta-feira, que o país não será intimidado por ameaças, ao mesmo tempo que prometeu continuar no tratado.

"Eu declaro diante de vocês que a República Islâmica do Irã não será o primeiro país a violar o acordo", disse Rouhani, durante pronunciamento na Assembleia-Geral da ONU.

Rouhani acrescentou que o Irã responderá "resoluta e decisivamente" a uma violação do acordo por qualquer parte.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos