Não houve referendo de independência da Catalunha hoje, diz primeiro-ministro espanhol

MADRI (Reuters) - A região espanhola da Catalunha não conseguiu realizar um referendo de independência neste domingo, disse o primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, depois de mais de 760 pessoas terem feridas em confrontos entre policiais e eleitores durante a votação que Madri diz ser ilegal.

O povo da Catalunha foi enganado para participar da votação proibida, disse Rajoy, acrescentando que o referendo é uma estratégia do governo regional contra a legalidade e a harmonia democrática e um "caminho que não leva a lugar nenhum".

Rajoy agradeceu as forças de segurança por defender a lei e fazer seu trabalho.

Ele também convocou uma reunião com todos os partidos políticos espanhóis para discutir o futuro do país após o referendo.

(Por Sonya Dowsett)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos