Líder norte-coreano tem de entender que não pode sobreviver com armas nucleares, diz general dos EUA

WASHINGTON (Reuters) - As sanções da comunidade internacional precisam ser suficientemente fortes para convencer o líder norte-coreano, Kim Jong Un, de que ele não pode sobreviver no poder a não ser que abra mão das armas nucleares, disse a principal autoridade militar dos Estados Unidos nesta terça-feira.

"Vimos no passado que quando o petróleo é cortado, houve mudança no comportamento de Kim Jong Un. O fato é que ele precisa de recursos econômicos externos ao seu país para sobreviver", disse o general Joseph Dunford, chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas dos EUA.

(Reportagem de Phil Stewart e Idrees Ali)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos