Putin diz não ter decidido se irá concorrer à Presidência da Rússia em 2018

MOSCOU (Reuters) - O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse nesta quarta-feira, que ainda não decidiu se irá se candidatar à reeleição em março de 2018, embora acredite-se amplamente que ele concorrerá.

"Não só eu ainda não decidi contra quem eu concorrerei, eu não decidi nem se vou concorrer", disse Putin, quando perguntado com quem iria disputar a eleição.

Falando em um fórum de energia em Moscou, Putin disse que candidatos à Presidência precisarão anunciar sua decisão de concorrer no final de novembro ou início de dezembro.

Se Putin decidir concorrer, espera-se que ele seja eleito com uma vitória esmagadora no primeiro turno da votação, uma vez que não enfrentará nenhum forte adversário.

Um tribunal russo, na segunda-feira, condenou à prisão o líder de oposição Alexei Navalny pela terceira vez neste ano, impedindo os planos do crítico de longa data do Kremlin de fazer campanha antes da futura eleição.

Sua pena atual de 20 dias, fará com que Navalny perca um evento de campanha planejado na cidade natal de Putin, São Petersburgo, no dia 7 de outubro --o aniversário do presidente russo.

De qualquer maneira, pesquisas de opinião indicam que Navalny perderia a eleição para Putin.

(Reportagem de Olesya Astakhova, Darya Korsunskaya, Jack Stubbs, Katya Golubkova)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos