Moscou adverte para possível restrição à mídia norte-americana na Rússia

(Reuters) - A Rússia pode restringir as operações das empresas de mídia norte-americanas no país em retaliação pelo que Moscou chama de pressão dos EUA sobre uma estação de TV apoiada pelo Kremlin, afirmou neste domingo um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia.

Funcionários russos acusaram Washington de pressionar injustificadamente as operações Nos Estados Unidos da RT, uma emissora financiada pelo Kremlin acusada por alguns em Washington de interferir na política norte-americana, o que a emissora nega.

A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores Maria Zakharova afirmou levar em conta o peso das autoridades norte-americanas sobre a RT nos EUA, e que Moscou tem o direito de resposta.

Em entrevista à televisão, ela citou uma lei russa de 1991 que permite restrições proporcionais aos meios de imprensa estrangeiros que operam na Rússia.

A porta-voz, no entanto, não especificou quais meios de comunicação dos EUA seriam punidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos