CCJ interrompe reunião para leitura do parecer sobre denúncia contra Temer

BRASÍLIA (Reuters) - A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados interrompeu a reunião desta terça-feira em que estavam previstas a apresentação e leitura do parecer sobre a denúncia contra o presidente Michel Temer e dois ministros.

O relator do caso, deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG), havia acabado de chegar à Câmara para ler seu parecer, mas a reunião da CCJ teve de ser interrompida por que a ordem do dia no plenário havia sido iniciada. Pelo regimento, nenhuma outra comissão pode deliberar ou dar andamento a processos enquanto houver votações no plenário da Casa.

Ao chegar, Bonifácio afirmou que a acusação do crime de organização criminosa dirigida a Temer, e aos ministros Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência), e Eliseu Padilha (Casa Civil), é a parte “fundamental” de seu parecer, com cerca de 30 páginas.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos