Temer está em tratamento para leve obstrução coronariana, diz fonte

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Michel Temer está em tratamento para uma pequena obstrução na aorta, detectada em exames de rotina feitos recentemente, disse à Reuters uma fonte palaciana, mas sem indicação de cirurgia.

De acordo com a fonte, o médico do presidente, Roberto Kalil Filho, indicou a Temer que adote uma dieta de baixa gordura e tome uma aspirina infantil por dia. O tratamento com a aspirina é tipicamente prescrito para pacientes com algum risco cardíaco.

Na noite de terça-feira, a TV Globo informou que Temer estaria com uma obstrução parcial em uma artéria coronária e deveria ser submetido a um cateterismo. O procedimento seria realizado após a votação pela Câmara do Deputados da denúncia contra Temer por organização criminosa e obstrução de Justiça, que deve ocorrer até o fim do mês.

O Planalto nega que exista qualquer procedimento marcado.

"Não há cateterismo ou cirurgia marcada ou recomendado para o presidente", disse a fonte.

(Por Lisandra Paragrassu)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos