Líder da Catalunha tem de desistir de independência até 5ª-feira, diz vice-premiê da Espanha

MADRI (Reuters) - O governo da Espanha irá assumir o controle da Catalunha e a administração da região se o líder catalão, Carles Puigdemont, não desistir de uma tentativa de separar a região do restante da Espanha até as 10h (5h, no horário de Brasília) de quinta-feira, disse a vice-primeira-ministra da Espanha, Soraya Sáenz de Santamaria.

"O sr. Puigdemont ainda tem a oportunidade de começar a resolver essa situação, ele precisa responder 'sim' ou 'não' sobre a declaração (de independência)", disse Sáenz de Santamaria.

O governo de Madri havia dado a Puigdemont até as 10h desta segunda-feira para esclarecer seu posicionamento sobre a independência com um "sim" ou "não", mas o líder da Catalunha não respondeu diretamente à pergunta.

(Reportagem de Julien Toyer)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos