Malásia prende 3 suspeitos por plano de ataque com bomba a festival de cerveja

KUALA LUMPUR (Reuters) - A polícia da Malásia prendeu três pessoas suspeitas de planejarem detonar uma bomba durante um festival anual de cerveja na capital Kuala Lumpur, disse o chefe de polícia do país nesta terça-feira.

O evento de dois dias "Festival da Melhor Cerveja" foi cancelado no mês passado devido a objeções de um partido islâmico, que alegou que o festival poderia levar a estupros e outros crimes e a sexo livre.

Um prestador de serviços do ramo da construção, um ex-soldado e um estudante de 19 anos com laços com o grupo militante Estado Islâmico foram presos em Kelantan, Estado do norte do país, na terça-feira passada, devido à suspeita de planejamento do ataque, disse o inspetor-geral da polícia, Mohamad Fuzi Harun, a repórteres.

"Os suspeitos tinham planos de atacar o festival de cerveja, casas de oração e locais de entretenimento em Kuala Lumpur e áreas circundantes", afirmou.

O ex-soldado de 34 anos providenciou fundos ao estudante que seriam usados para produzir e testar artefatos explosivos improvisados para serem usados nos ataques, disse Mohamad Fuzi.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos