Câmara não votará MPs até analisar PEC que altera regras de tramitação, diz Maia

(Reuters) - O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta terça-feira que a Casa não votará mais nenhuma medida provisória até que seja analisada uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que muda as regras de tramitação dessas matérias.

Com a decisão, a votação da MP que muda regras do fundo de financiamento estudantil, o Fies, prevista para esta terça-feira, foi adiada.

Maia disse a jornalistas que pretende votar a PEC que muda as regras de tramitação das MPs na Casa na próxima semana.

"Eu estou fazendo um bem para o governo e para o Parlamento forçando que a gente possa, na semana que vem, votar a regulação das medidas provisórias, que dá uma racionalidade maior ao processo legislativo das medidas provisórias", disse Maia.

A MP que altera as regras do Fies para 2018 precisa ser votada pela Câmara e pelo Senado até 17 novembro, ou perderá a validade.

O relatório do deputado Alex Canziani (PTB-PR) já havia sido aprovado em comissão mista em 10 de outubro.

(Por Natália Scalzaretto, em São Paulo)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos