Lewis Hamilton é tetracampeão mundial de F-1 apesar de batida

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - Lewis Hamilton se consagrou neste domingo no primeiro piloto britânico a vencer quatro campeonatos mundiais de Fórmula-1 no Grande Prêmio do México, apesar de um acidente na primeira volta com seu rival na disputa do título, Sebastian Vettel, o que atrapalhou a corrida de ambos.

Na prova vencida por Max Verstappen, o piloto holandês de 20 anos da equipe Red Bull, Hamilton se recuperou, trazendo sua Mercedes do último lugar e terminando em nono, enquanto Vettel e sua Ferrari ficaram na quarta posição.

A colocação dos pilotos ao término da corrida foi suficiente para o britânico levar o título, faltando duas provas para o final do campeonato, uma delas no Brasil.

Jackie Stewart, por quatro décadas o único piloto britânico tricampeão do mundo até Hamilton alcançá-lo em 2015, é agora o escocês mais bem-sucedido.

Hamilton também superou se ídolo de juventude, o brasileiro Ayrton Senna.

"É simplesmente incrível o que Lewis e a Mercedes fizeram", disse Stewart à Reuters. "Ele realmente mereceu ter ganho o campeonato mundial novamente."

    O finlandês Valtteri Bottas, companheiro de equipe de Hamilton, terminou em segundo lugar, e Kimi Raikkonen levou sua Ferrari ao terceiro.

    O mexicano Sergio Pérez terminou em sétimo com a sua Force India, a uma volta do vencedor.

(Reportagem de Alan Baldwin)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos