Twitter diz que conta de Trump foi brevemente desativada por funcionário de saída da companhia

(Reuters) - A conta no Twitter do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, @realdonaldtrump, foi desativada por um funcionário do Twitter que estava deixando a companhia na quinta-feira e ficou fora do ar por 11 minutos antes de ser restaurada, informou a rede social.

Trump tem 41,7 milhões de seguidores no Twitter e tem feito extenso uso da rede social para enviar mensagens atacando seus oponentes e promovendo suas políticas, tanto durante a campanha presidencial de 2016 quanto desde que assumiu a Presidência em janeiro.

"Nós descobrimos que isso foi feito por um funcionário do suporte ao cliente que fez isso em seu último dia. Estamos conduzindo uma revisão interna completa", disse o Twitter em um tuíte.

"Nós continuamos a investigar e estamos tomando passos para impedir que isso aconteça novamente", acrescentou.

Um representante do Twitter se recusou a fazer comentários adicionais e a Casa Branca não respondeu de imediato a um pedido por comentários.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos