Wall St ronda estabilidade com alta da Apple compensando preocupação com salários nos EUA

Por Sruthi Shankar

(Reuters) - O mercado acionário norte-americano rondava a estabilidade nesta sexta-feira depois que o relatório de emprego dos Estados Unidos provocou preocupações sobre um crescimento fraco da renda no país e com a queda da participação na força de trabalho.

Às 12h30 (horário de Brasília), o índice Dow Jones recuava 0,05 por cento, a 23.505 pontos, enquanto o S&P 500 tinha desvalorização de 0,05 por cento, a 2.578 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançava 0,13 por cento, a 6.723 pontos.

Entretanto, a alta nos papéis da Apple davam suporte após os resultados trimestrais da empresa e notícias de demanda inicial forte pelo novo iPhone X.

O relatório de emprego do Departamento de Trabalho dos EUA mostrou que a criação de vagas acelerou em outubro após problemas relacionados aos furacões terem afetado o emprego em setembro.

A criação de vagas fora do setor agrícola atingiu 261 mil no mês passado, contra expectativa de economistas de 310 mil.[nL2N1N90N6]

A renda média por hora caiu 1 centavo, deixando-o inalterado em termos percentuais. Isso reduziu o aumento na base anual para 2,4 por cento, o menor avanço anual desde fevereiro de 2016.

"(O crescimento da renda) é preocupante. Há muitas notícias boas. Trabalhadores de baixa renda voltarem ao trabalho após o furacão pressionar para baixo, mas seria de se esperar um pequeno crescimento do salário, não estabilidade", disse o diretor do Commonwealth Financial Brad McMillan.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos