Estados Unidos condenam ação da Venezuela contra líder da oposição Guevara

WASHINGTON (Reuters) - O Estados Unidos condenaram, nesta terça-feira, o "crescente desrespeito pela democracia e direitos humanos fundamentais" por parte do governo da Venezuela, depois que autoridades foram atrás de um parlamentar de oposição que buscou refúgio na embaixada do Chile.

"Ao tentar remover a imunidade parlamentar do democraticamente eleito vice-presidente da Assembleia Nacional e líder da oposição, Freddy Guevara, e impedir que ele deixe o país, o regime está exercendo outra medida extrema para acabar com o espaço democrático na Venezuela, criminalizar a divergência e controlar a informação", disse a porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Heather Nauert, em comunicado.

(Reportagem de Makini Brice)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos