Líder máximo do Estado Islâmico Baghdadi estava presente na Síria, diz mídia do Hezbollah

BEIRUTE (Reuters) - Um veículo de comunicação gerido pelo grupo libanês Hezbollah disse, nesta sexta-feira, que o líder máximo do Estado Islâmico, Abu Bakr al-Baghdadi, estava presente na cidade síria de Albu Kamal durante a operação do Exército sírio e de seus aliados para retomar a área.

A informação, divulgada por um serviço de notícias militar administrado pelo Hezbollah, não disse se Baghdadi estava cercado na cidade, que o Exército sírio e seus aliados disseram ter retomado nesta semana.

O Exército sírio declarou vitória sobre o Estado Islâmico na quinta-feira, dizendo que a captura do último reduto jihadista no país marcou a queda do domínio radical de três anos do grupo sobre a região.

A retomada de Albu Kamal, uma cidade que faz fronteira com o Iraque e último reduto do Estado Islâmico na Síria, marcou "a queda do projeto da organização terrorista Daesh na região", afirmou um comunicado militar na quinta-feira, usando o termo em árabe para o Estado Islâmico.

(Reportagem de Sarah Dadouch)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos