Líder de oposição venezuelana Ledezma foge para a Colômbia, diz mídia

CARACAS (Reuters) - O líder da oposição venezuelana Antonio Ledezma, que foi detido em 2015 sob alegações de planejar um golpe, e que estava em prisão domiciliar em Caracas, fugiu pela fronteira para a Colômbia, relatou a mídia dos dois países, nesta sexta-feira.

"Bem-vindo à liberdade", escreveu no Twitter o ex-presidente da Colômbia Andrés Pastrana, que tem relacionamento próximo com a oposição na Venezuela.

A família, o advogado e o partido de Ledezma não responderam de imediato a telefonemas buscando confirmação da informação.

(Reportagem de Eyanir Chinea e Andrew Cawthorne)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos