Partido governista no Zimbábue irá destituir Mugabe no domingo, dizem fontes

HARARE (Reuters) - O partido zimbabuano Zanu-PF realizará uma reunião especial do comitê central na manhã de domingo para destituir de sua liderança o presidente Robert Mugabe, de 93 anos, disseram duas fontes do Zanu-PF neste sábado.

A reunião, que está programada para começar às 10h30 do horário local (06h30 no horário de Brasília), também irá restabelecer o ex-vice-presidente Emmerson Mnangagwa e remover a esposa de Mugabe, Grace, da liderança da Liga das Mulheres do Zanu-PF.

Dezenas de milhares de zimbabuanos inundaram as ruas de Harare neste sábado cantando, dançando e abraçando soldados em uma forte demonstração de euforia pela esperada queda do presidente Mugabe, seu líder nos últimos 37 anos.

Fontes políticas e documentos de inteligência vistos pela Reuters apontam que a saída de Mugabe provavelmente abrirá o caminho para um governo de unidade provisório liderado por Mnangagwa, assessor de longa data de Mugabe e ex-chefe de segurança conhecido como "O Crocodilo".

(Por Ed Cropley e MacDonald Dzirutwe)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos