Putin sanciona lei russa que transforma veículos de imprensa do exterior em "agentes estrangeiros"

Por Jack Stubbs

MOSCOU (Reuters) - O presidente russo Vladimir Putin sancionou neste sábado a lei que permite que as autoridades considerem veículos de imprensa estrangeiros como "agentes estrangeiros", em resposta ao que Moscou diz ser uma pressão inaceitável dos EUA na imprensa russa.

A nova lei foi aprovada com pressa por ambas as casas do parlamento russo nas últimas duas semanas. Ela agora permitirá que Moscou force a mídia estrangeira a marcar as notícias que fornecem aos russos como o trabalho de "agentes estrangeiros" e revelar suas fontes de financiamento.

Uma cópia da lei foi publicada pelo banco de dados legislativo do governo russo no sábado, dizendo que ela entra em vigor no dia de sua publicação.

O movimento da Rússia contra a imprensa norte-americana é parte da tempestade de alegações de que a Rússia interferiu na eleição presidencial dos Estados Unidos ano passado em favor de Donald Trump.

As autoridades de inteligência norte-americana acusaram o Kremlin de usar as organizações de imprensa russa que financia para influenciar os eleitores norte-americanos e Washington, desde então, exigiu que a emissora estatal russa RT registrasse uma afiliada da companhia sediada nos EUA como "agente estrangeiro".

O Kremlin tem repetidamente negado interferência na eleição e disse que as restrições a emissoras russas nos Estados Unidos são um ataque à liberdade de expressão.

O Ministério da Justiça russo publicou na semana passada uma lista de nove veículos de imprensa apoiados pelos EUA que disse que poderiam ser afetados pelas mudanças.

O órgão disse que havia escrito ao Voice of America (VOA), patrocinado pelo governo norte-americano, e a Rádio Free Europe/Radio Liberty(RFE/RL), junto com sete outros veículos russos ou que utilizam a língua local operados pela RFE/RL.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos