Conselho de Direitos Humanos da ONU se reúne em 5 de dezembro para discutir situação dos rohingyas

GENEBRA (Reuters) - O Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas informou nesta terça-feira que examinará a situação dos muçulmanos rohingyas e outras minorias em Mianmar, em uma sessão especial em 5 de dezembro, em Genebra.

O pedido para a sessão, apresentado por Bangladesh e pela Arábia Saudita, foi apoiado por um total de 33 Estados-membros do fórum de 47 membros, incluindo esses dois países.

A Reuters, citando fontes da ONU, havia noticiado na segunda-feira que a sessão deveria ser realizada sobre os assassinatos, estupros e outros crimes cometidos contra os rohingyas, que levaram mais de 600 mil deles para Bangladesh desde 25 de agosto.

(Reportagem de Stephanie Nebehay)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos