Atiradores disfarçados com burcas deixam 9 mortos em ataque do Taliban em faculdade no Paquistão

Por Jibran Ahmad

PESHAWAR, Paquistão (Reuters) - Atiradores do Taliban paquistanês disfarçados com burcas cobrindo o corpo todo invadiram o campus de uma faculdade agrícola no Paquistão nesta sexta-feira, matando ao menos nove pessoas e ferindo 35, segundo a polícia e autoridades hospitalares.

A polícia e militares chamados ao local mataram todos os agressores no Instituto de Treinamento Agrícola, na cidade de Peshawar, no noroeste do país, cerca de duas horas após o ataque, segundo o departamento de imprensa das forças militares.

O Taliban paquistanês reivindicou responsabilidade, dizendo em mensagem do porta-voz Mohammad Khorasani que tinha como alvo um esconderijo da agência de Inteligência Interserviços das forças militares.

Os atiradores chegaram ao campus em um riquixá motorizado, disfarçados com burcas, usadas por muitas mulheres na região, disse o chefe da polícia de Peshawar, Tahir Khan.

Eles atiraram e feriram um guarda antes de entrar no campus, disse.

Um estudante ferido, Ahteshan ul-Haq, disse à Reuters que o alojamento da universidade normalmente hospeda 400 alunos, mas a maioria havia voltado para casa para um feriado e somente cerca de 120 estudantes permaneceram.

“Nós estávamos dormindo quando ouvimos tiros. Eu levantei e dentro de alguns segundos todos estavam correndo e gritando ‘o Taliban atacou’”, disse.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos