Partido alemão SPD não descarta nenhuma opção para formação de novo governo

BERLIM (Reuters) - O líder do Partido Social-Democrata da Alemanha (SPD), Martin Schulz, disse nesta sexta-feira que seu partido concordou amplamente em não descartar nenhuma opção para um novo governo, mas enfatizou que outra coalizão com os conservadores não é uma conclusão garantida.

Schulz se pronunciou após participar de uma reunião com a chanceler alemã, Angela Merkel, seu aliado do Estado da Baviera Horst Seehofer e o presidente da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier, na noite de quinta-feira, que tinha como objetivo encerrar o impasse político que abala a maior economia da Europa.

"O que eu posso lhes dizer é que nós discutimos a situação na reunião do conselho do SPD intensamente... Quanto à formação de um novo governo, houve amplo apoio para não descartar nenhuma opção", disse Schulz, na sede do SPD em Berlim.

Ele negou que tenha concordado com uma repetição da aliança com os conservadores que governou a Alemanha pelos últimos quatro anos e acrescentou que formar outra coalizão do tipo "não é automático".

(Reportagem de Michelle Martin)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos