Ataque suicida mata pelo menos 13 na Nigéria

BAUCHI, Nigeria (Reuters) - O Boko Haram é suspeito de ter realizado um ataque suicida que matou pelo menos 13 pessoas em um mercado na cidade nigeriana de Biu, Estado de Borno, no nordeste do país, disseram fontes oficiais, neste sábado.

A explosão aconteceu enquanto voluntários distribuíam comida para pessoas afetadas pelo conflito de oito anos do Boko Haram, disse Aliyu Idrisa, uma líder da comunidade. 

Além das 13 vítimas, 53 pessoas foram feridas e dois agressores foram mortos, disse Victor Isuku, porta-voz da polícia do Estado de Borno.

O ataque deste sábado apresenta características marcantes do Boko Haram, que usa bombardeios suicidas, frequentemente mulheres e garotas, para atacar espaços públicos com multidões.

Semana passada, um bombardeio suicida em uma mesquita na cidade de Mubi, também no nordeste do país, matou pelo menos 50 pessoas, um dos ataques com mais mortes em anos recentes. 

(Por Ardo Hazzad em Bauchi e Ahmed Kingimi e Ola Lanre em Maiduguri)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos