Lula mantém liderança com Bolsonaro em segundo, mostra Datafolha

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fortaleceu sua liderança e o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) está isolado em segundo lugar da corrida presidencial, segundo pesquisa Datafolha divulgada neste sábado.

Em um cenário da pesquisa que considera os dois nomes concorrendo contra Marina Silva (Rede), Joaquim Barbosa, Michel Temer (PMDB) e Henrique Meirelles (PSD), Lula lidera com 34 por cento dos votos, Jair Bolsonaro fica em segundo com 17 por cento e Marina Silva com 9 por cento. O governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) e Ciro Gomes (PDT) ficam empatados na quarta posição, com 6 por cento.

Nesse cenário, Joaquim Barbosa tem 5 por cento das intenções de voto, Alvaro Dias (Podemos) tem 3 por cento, Manuela D'Ávila (PCdoB) 1 por cento, Temer 1 por cento, Meirelles 1 por cento, Paulo Rabello de Castro (PSC) 1 por cento, branco/nulo/nenhum 12 por cento e não sabe, 2 por cento.

O instituto pesquisou outros cenários em que nem todos os possíveis candidatos aparecem na disputa.

O ex-presidente Lula, condenado em primeira instância pelo juiz federal Sérgio Moro, lidera em todos os cenários nos quais foi incluído, com intenções de voto que variam de 34 por cento a 37 por cento.

Lula foi condenado em um julgamento por corrupção, em julho. Se esta condenação for confirmada, ele não poderá competir.

Nos cenários em que Lula foi excluído da disputa, a pesquisa apontou na liderança Bolsonaro, com intenções de voto que variam de 21 por cento a 22 por cento.

Alckmin aparece nos cenários da pesquisa sempre entre a terceira e a quarta posição.

No segundo turno, Lula também lidera todos os cenários nos quais foi incluído.

No cenário de segundo turno que considerou Marina e Bolsonaro, Marina vence o possível adversário com 46 por cento das intenções de voto, contra 32 por cento de Bolsonaro.

A pesquisa considerou ainda, em alguns cenários, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, que o apontaram com um desempenho fraco.

Na pesquisa espontânea, em que o pesquisador não apresenta ao entrevistado uma lista de candidatos, Lula lidera com 17 por cento, seguido de Bolsonaro com 11 por cento. Todos os demais nomes pontuam 1 por cento ou menos. Nesta modalidade, de acordo com o Datafolha, 19 por cento afirmaram que não votariam em ninguém e 46 por cento disseram não saber em quem votaria.

O instituto fez 2.765 entrevistas entre 29 e 30 de novembro, em 192 cidades. A margem de erro é de dois pontos para mais ou menos.

(Por Marta Nogueira; edição de Eduardo Simões)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos