Comandante das "forças especiais" do Talibã é morto no Afeganistão

CABUL (Reuters) - O comandante das "forças especiais" do Talibã, conhecidas como "Unidade Vermelha", foi morto na semana passada na província de Helmand por forças afegãs, de acordo com a principal agência de inteligência do Afeganistão.

A Direção Nacional de Segurança (NDS) disse que Mullah Shah Wali, também conhecido como Mullah Naser, foi morto em uma operação aérea em Helmand.

A província é uma fortaleza talibã no coração do lucrativo tráfico de drogas no Afeganistão.

Wali tornou-se o comandante da "Unidade Vermelha" do Talibã há três anos e estava diretamente envolvido em ofensivas do Talibã, disse o comunicado.

Wali foi morto junto a um homem-bomba e dois outros comandantes do Talibã no distrito de Musa Qala de acordo com o NDS.

(Por Mirwais Harooni e Hamid Shalizi)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos