Trump nega ter pedido a ex-chefe do FBI que parasse de investigar ex-assessor de segurança nacional

(Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse em uma publicação no Twitter neste domingo que nunca pediu ao ex-diretor do FBI James Comey que parasse de investigar o ex-conselheiro de segurança nacional Michael Flynn.

Flynn é o primeiro membro do governo Trump a se declarar culpado de um crime descoberto pela investigação do conselheiro especial Robert Mueller sobre as tentativas russas de influenciar a eleição presidencial norte-americano do ano passado. Trump demitiu Comey do cargo em maio.

"Nunca pedi a Comey que parasse de investigar Flynn. Apenas mais Notícias Falsas cobrindo outra mentira de Comey!", tuitou Trump.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos