Rússia está pronta para exercer influência sobre Coreia do Norte, diz agência RIA

MOSCOU (Reuters) - A Rússia tem canais abertos de comunicação com a Coreia do Norte, e Moscou está pronta para exercer sua influência sobre Pyongyang, disse o vice-ministro russo das Relações Exteriores, Igor Morgulov, nesta terça-feira, segundo a agência de notícias RIA.

Ele também afirmou, segundo a RIA, que a Coreia do Norte está buscando um diálogo direto com os Estados Unidos sobre seu programa nuclear, e não precisa de garantias de segurança da China ou da Rússia.

Em Washington, a porta-voz do Departamento de Estado dos Estados Unidos, Katina Adams, disse que o governo Trump ainda quer uma solução pacífica e diplomática para a ameaça nuclear e de mísseis de Pyongyang, mas afirmou à Reuters: "(A Coreia do Norte) mostrou através de suas ações que não está interessada em conversas."

Segundo a porta-voz, "devemos manter o foco no aumento dos custos" de modo que Pyongyang não tenha condições de continuar a avançar com seus programas de armas de destruição em massa.

(Reportagem de Vladimir Soldatkin, em Moscou, e David Brunnstrom, em Washington)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos