Abbas diz que Jerusalém é eterna capital palestina e rejeita papel de mediador dos EUA

RAMALLAH, Cisjordânia (Reuters) - O presidente palestino, Mahmoud Abbas, disse nesta quarta-feira que Jerusalém é a "eterna capital do Estado da Palestina", em resposta ao anúncio do presidente norte-americano, Donald Trump, de que reconhece a cidade como a capital de Israel.

Em um discurso pré-gravado na televisão palestina, Abbas rejeitou o anúncio de Trump, que incluiu uma decisão de mover a embaixada dos Estados Unidos para Jerusalém, uma medida que, segundo o presidente palestino, "equivale aos Estados Unidos abdicarem do seu papel como mediadores da paz".

(Reportagem de Miriam Berger)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos