Presidente francês Macron afirma que não apoia decisão de Trump sobre Jerusalém

ARGEL (Reuters) - A França não apoia a decisão "unilateral" do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de reconhecer Jerusalém como a capital de Israel e pediu calma em toda a região, disse o presidente Emmanuel Macron nesta quarta-feira.

"Esta é uma decisão lamentável que a França não aprova e vai contra o direito internacional e todas as resoluções do Conselho de Segurança da ONU", afirmou Macron a jornalistas em uma coletiva de imprensa em Argel.

(Reportagem de John Irish em Paris)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos