Transferência de embaixada dos EUA pode agravar relações israelo-palestinas, diz Kremlin

MOSCOU (Reuters) - O Kremlin disse nesta quarta-feira que a Rússia está preocupada que o conflito entre Israel e autoridades palestinas possa ser agravado pelos planos do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de mover a embaixada dos EUA em Israel para Jerusalém.

"Entretanto, nós não discutimos decisões que ainda não foram tomadas", disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, a repórteres.

Trump anunciará nesta quarta-feira sua decisão sobre se irá ou não transferir a embaixada dos EUA em Israel de Tel Aviv para Jerusalém, disse a secretária de imprensa da Casa Branca, Sarah Saders, na terça-feira.

(Reportagem de Dmitry Solovyov)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos