UE está seriamente preocupada com decisão de Trump sobre Jerusalém

BRUXELAS (Reuters) - A União Europeia manifestou grande preocupação nesta quarta-feira, depois que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reconheceu Jerusalém como a capital de Israel, dizendo que isso poderia ter repercussões para as perspectivas de paz.

"As aspirações de ambas as partes devem ser realizadas e uma maneira deve ser encontrada através de negociações para resolver o status de Jerusalém como a futura capital de ambos os Estados", afirmou a chefe de Relações Exteriores da UE, Federica Mogherini, em um comunicado.

Trump reverteu décadas de política externa dos EUA ao reconhecer Jerusalém como a capital israelense. Ele disse que Washington começará o processo para transferir sua embaixada de Tel Aviv para Jerusalém.

(Reportagem de Julia Fioretti)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos