PUBLICIDADE
Topo

Putin acusa Estados Unidos de conspirar para romper com tratado de controle de armas

22/12/2017 10h45

MOSCOU (Reuters) - O presidente russo, Vladimir Putin, acusou os Estados Unidos nesta sexta-feira de conspirar para deixar o Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário, que bane mísseis nucleares ou convencionais com base terrestre de alcance médio e curto.

Tanto a Rússia como os Estados Unidos têm se acusado de romper com o tratado histórico de controle de armas que ajudou a encerrar a Guerra Fria e os dois países disseram que a existência do pacto está em xeque.

(Reportagem de Denis Pinchuk e Dmitry Solovyov)