Parlamento italiano aprova orçamento para 2018 e abre caminho para eleições

Por Gavin Jones

ROMA (Reuters) - A Câmara Superior do Senado da Itália deu ao Parlamento aprovação final neste sábado ao orçamento do governo para 2018, abrindo o caminho para as eleições nacionais esperadas para março.

A lei financeira, que já foi aprovada na Câmara dos Deputados, visa reduzir o déficit fiscal do próximo ano a 1,6 por cento do produto interno bruto, ante os 2,1 por cento da meta deste ano.

Ela também introduz uma "taxa da web" a partir de 2019, obrigando companhias a pagarem três por cento de taxa sobre algumas transações da Internet.

O Senado aprovou o pacote em um voto de confiança com 140 votos contra 97. Os votos de confiança permitem que o governo acelere a legislação ao encurtar o debate sobre as emendas propostas.

Caso o governo perca tal votação terá que renunciar, mas, com as eleições iminentes, nenhum partido tem interesse real em aniquilar o orçamento e derrubar a administração do primeiro ministro Paolo Gentiloni.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos