Brasil decide declarar encarregado de negócios da Venezuela no país persona non grata, diz Itamaraty

SÃO PAULO (Reuters) - O governo brasileiro decidiu declarar o encarregado de negócios da Venezuela no Brasil, Gerardo Antonio Delgado Maldonado, persona non grata, informou o Itamaraty nesta terça-feira.

A declaração ocorre em resposta à decisão da Venezuela de declarar o embaixador do Brasil em Caracas como persona non grata.

Em nota divulgada no sábado, o Itamaraty disse que, caso fosse confirmada a decisão, o Brasil aplicaria "medidas de reciprocidade correspondentes".

"Caso confirmada, essa decisão demonstra, uma vez mais, o caráter autoritário da administração Nicolás Maduro e sua falta de disposição para qualquer tipo de diálogo", disse o Itamaraty em nota.

O cargo de encarregado de negócios é o posto mais alto depois de embaixador, função que não é ocupada por nenhum venezuelano no Brasil atualmente.

(Por Laís Martins)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos