Egito executa 15 militantes condenados por morte de agentes de segurança no Sinai, dizem fontes

CAIRO (Reuters) - O Egito executou nesta terça-feira 15 militantes condenados por conduzir ataques que mataram agentes de segurança na Península do Sinai, disseram fontes de segurança.

As execuções foram realizadas em duas prisões no norte do país na manhã desta terça-feira, disseram as fontes.

(Reportagem de Ali Abdelaty)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos