Irã faz alerta contra manifestantes que buscam desafio ousado à liderança do país

Por Bozorgmehr Sharafedin

LONDRES (Reuters) - O Irã alertou sobre uma forte repressão neste domingo contra manifestantes que representam um dos mais audaciosos desafios a seus líderes clericais desde que uma revolta nacional a favor de reformas sacudiu a teocracia islâmica em 2009.

A polícia em Teerã disparou jatos d’água para tentar dispersar manifestantes que se reuniram na Praça Ferdowsi, no centro da capital, de acordo com filmagens postadas nas redes sociais, no que parece ser o quarto dia de protestos.

O vídeo postado online também mostrou um confronto entre manifestantes e a polícia na cidade de Khoramdareh, na província de Zanjan, no noroeste do país. Também há relatos de protestos nas cidades de Sanandaj e Kermanshah, no oeste do Irã.

A Reuters não conseguiu verificar imediatamente a autenticidade da filmagem.

Dezenas de milhares de pessoas têm protestado pelo país desde quinta-feira contra a elite clerical não eleita da República Islâmica e a política de Relações Exteriores do Irã na região. Elas também têm entoado slogans em apoio aos prisioneiros políticos.

Os manifestantes inicialmente direcionaram sua raiva contra as dificuldades econômicas e alegações de corrupção, mas também começaram a pedir que o líder supremo aiatolá Ali Khamenei renuncie. 

O governo disse que irá restringir temporariamente o acesso aos aplicativos Telegram e Instagram, disse a televisão estatal, citando uma fonte informada sobre o assunto.

Um iraniano contatado por telefone, que pediu para não ser identificado, disse que há forte presença da polícia e forças de segurança no centro de Teerã.

“Eu vi alguns jovens sendo presos e colocados em uma van pela polícia. Eles não deixam ninguém se reunir”, disse ele.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos