Dez pessoas morrem em protestos no Irã no domingo, diz televisão estatal

Por Michael Georgy

DUBAI (Reuters) - Dez pessoas morreram durante os protestos nas ruas do Irã no domingo, informou a televisão estatal iraniana nesta segunda-feira.

     Os protestos em todo o país atraíram dezenas de milhares de pessoas, no embate mais ousado contra a liderança do Irã desde os conflitos pró-reforma em 2009. A convocação de novas manifestações para esta segunda-feira aumenta a possibilidade de uma instabilidade prolongada.

"Nos eventos da noite passada, infelizmente, um total de cerca de 10 pessoas foram mortas em várias cidades", afirmou a televisão estatal enquanto mostrava imagens de danos causados pelas manifestações. A televisão não deu mais detalhes sobre as mortes.

     Mensagens anônimas postadas nas redes sociais convocaram iranianos a demonstrem novamente na capital Teerã e em outros 50 centros urbanos.

O Irã é um importante produtor de petróleo da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e um poder regional, mas as frustrações cresceram domesticamente, enquanto o país está profundamente envolvido na Síria e no Iraque como parte de uma luta pela influência na região com a rival da Arábia Saudita.

Essas intervenções estrangeiras também estão alimentando revolta na República Islâmica porque os iranianos querem que seus líderes criem empregos em vez de se engajarem confrontos dispendiosas.

((Tradução Redação São Paulo, +5511 56 447719))

REUTERS RBS

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos