Partidos expressam otimismo conforme Merkel planeja reprise de coalizão com SPD

Por Madeline Chambers e Thorsten Severin

BERLIM (Reuters) - Os maiores partidos da Alemanha expressaram otimismo sobre as chances de formar um governo após diversas horas de conversas entre os líderes dos conservadores, da chanceler Angela Merkel, e do Partido Social-Democrata (SPD), que Merkel espera conquistar como parceiro de coalizão.

O comunicado conjunto emitido pelos partidos nesta quarta-feira, que falava de crescente confiança, foi uma boa notícia para Merkel, cuja reputação como experiente construtora de consenso está em jogo nesta segunda tentativa de formar um governo de coalizão, após semanas de ataques entre seus aspirantes a parceiros.

Buscando um quarto mandato, Merkel viu sua autoridade enfraquecida na eleição nacional em setembro, quando apoio aos conservadores foi erodido pela extrema-direita.

“A confiança cresceu e nós estamos otimistas para as conversas”, segundo comunicado divulgado após três horas de conversas entre Merkel e outros líderes de sua União Democrata-Cristã, aliados bávaros da União Social-Cristã e do SPD.

Ela está sob pressão para fechar um acordo com o SPD, de centro-esquerda e que perdeu muito apoio na eleição, mas os dois lados têm se enfrentado sobre uma série de assuntos, especialmente imigração e impostos.

O líder do SPD, Martin Schulz, elogiou as “concentradas e focadas consultas” que teve com líderes, que disse terem sido uma boa base para conversas exploratórias formais. As discussões estão programadas para começar no domingo e podem levar a negociações oficiais de coalizão em poucas semanas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos