Secretário-geral da ONU faz apelo para iranianos evitarem violência conforme protestos continuam

GENEBRA (Reuters) - O secretário-geral da Organização das Nações Unidas, António Guterres, manifestou sua preocupação na quarta-feira sobre a perda de vidas nos protestos em curso no Irã e pediu que as forças de segurança e os manifestantes evitassem mais violência, disse seu porta-voz em um comunicado.

"O secretário-geral... lamenta a perda de vidas nos protestos. Ele apela ao respeito pelos direitos de reunião pacífica e liberdade de expressão, e que qualquer manifestação tenha lugar de forma pacífica", disse o porta-voz de Guterres, Farhan Haq, em um comunicado. "Deve se evitar mais violência."

Mais cedo, o alto comissário da ONU para os direitos humanos, Zeid Ra'ad al Hussein, pediu que o Irã controle suas forças de segurança para evitar mais violência e respeite o direito dos manifestantes de liberdade de expressão e reunião pacífica.

Al Hussein disse em comunicado que mais de 20 pessoas morreram e centenas foram presas na última semana no Irã e pediu "investigações completas, independentes e imparciais de todos os atos de violência que aconteceram".

Manifestantes "tem o direito de serem ouvidos", disse. Precisa haver "um esforço conjunto pelas autoridades para garantir que todas as forças de segurança respondam de uma maneira que seja proporcional e estritamente necessária, e completamente em linha com a lei internacional".

(Reportagem de Stephanie Nebehay e Doina Chiacu)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos