Japão enfrenta maior perigo desde 2ª Guerra devido à Coreia do Norte, diz premiê

TÓQUIO (Reuters) - A situação de segurança que o Japão enfrenta é a mais perigosa desde a Segunda Guerra Mundial devido às provocações "inaceitáveis" da Coreia do Norte, disse o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, nesta quinta-feira, se comprometendo a reforçar a defesa do país para proteger a população.

A tensão regional tem crescido especialmente desde que a Coreia do Norte conduziu seu sexto e maior teste nuclear, em setembro, e depois disse, em novembro, ter testado com sucesso um novo míssil balístico intercontinental que conseguiria alcançar todo o território dos Estados Unidos.

"Não é um exagero dizer que o ambiente de segurança em torno do Japão é o mais grave desde a Segunda Guerra Mundial. Eu protegerei a vida das pessoas e a convivência pacífica em qualquer situação", disse Abe em entrevista coletiva de Ano Novo.

Abe disse que o Japão tomará novos passos para fortalecer sua postura de defesa, sem fornecer detalhes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos