Topo

Atum é vendido por US$323 mil em último leilão de Ano Novo em mercado de Tóquio

05/01/2018 09h07

Por Kwiyeon Ha

TÓQUIO (Reuters) - No último leilão de Ano Novo do famoso mercado de peixe Tsukiji, em Tóquio, o proprietário de um restaurante de sushi internacional desembolsou mais de 300 mil dólares em um atum e disse estar "muito feliz" com o resultado, nesta sexta-feira.

O maior mercado de peixe do mundo, um dos pontos turísticos mais populares de Tóquio, será realocado ainda neste ano para abrir espaço para uma via necessária para a Olimpíada de Tóquio de 2020.

Hiroshi Onodera, presidente da companhia LEOC, proprietária da rede de restaurantes Ginza Onodera, pagou 36,45 milhões de ienes (o equivalente a 323.195 dólares) por um atum-rabilho premium do Pacífico de 450 kg -- cerca de 90 mil ienes por kg do peixe.

O preço foi um pouco mais da metade do lance vencedor do ano passado de 72 milhões de ienes, mas muito abaixo do recorde de 155 milhões de ienes pago em 2013.

"Eu tenho tentado ganhar o leilão desde o ano passado, então estou muito feliz", disse Onodera, cuja companhia tem restaurantes em Nova York, Cingapura e Japão. "Principalmente porque esse é o último ano em Tsukiji."

O atum é valorizado por todo o mundo devido a seu uso em sushis, mas especialistas advertem que a crescente demanda tem tornado o peixe uma espécie ameaçada.

"O alto preço pago hoje por um único atum-rabilho do Pacífico não deve nos distrair do terrível status da espécie, que tem sido reduzida em mais de 97 por cento por anos de pesca excessiva", disse Jamie Gibbon, especialista em atum-rabilho do Pacífico da organização não-governamental Pew Charitable Trusts, em comunicado.