Palestinos atacam carro de patriarca grego em protesto contra acordos de terra

BELÉM, Cisjordânia (Reuters) - Cristãos palestinos atacaram o carro do patriarca grego ortodoxo de Jerusalém durante uma visita à Cisjordânia ocupada em um protesto contra a decisão da igreja de vender terra a grupos judeus.

A Igreja Ortodoxa Grega é uma das maiores donas de terras privadas na Terra Santa e nos últimos anos gerou controvérsias entre israelenses e palestinos ao tentar vender terrenos a investidores privados.

Centenas de palestinos bloquearam o comboio do patriarca Theophilos III enquanto ele ia a uma igreja em Belém para participar de uma missa do Natal ortodoxo.

Manifestantes jogaram pedras e garrafas de água e bateram no carro com seus punhos, gritando "traidor, traidor", antes de as forças de segurança palestinas os tirarem do caminho. Três carros no comboio, mas não o veículo do patriarca, tiveram suas janelas quebradas.

O manifestante Elyeef Sayegh afirmou: "o que aconteceu hoje é uma mensagem à Autoridade Palestina e à Jordânia de que não iremos permitir que este traidor fique na Igreja."

Autoridades da Igreja afirmam que precisam vender terrenos para pagar a dívida acumulada ao longo dos anos. Até agora a Igreja tem arrendado a terra a residentes com contratos de longo prazo.

    (Reportagem de Ali Sawafta e Nidal Almughrabi)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos